Gabinete de Imprensa da Câmara(30 Agosto 2011)

Assinado protocolo para criar postos náuticos de Vela, Remo e Canoagem PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

AB31779A Câmara Municipal assinou ontem com os clubes Náutico, A.R.C.O, Darque Kayak Clube e Clube de Vela de Viana do Castelo os protocolos de colaboração para a criação dos postos náuticos de Canoagem, Remo e Vela, no âmbito do projecto Centro de Mar. Na cerimónia, José Maria Costa salientou o trabalho desenvolvido pelos clubes e lembrou que estes investimentos de cerca de sete milhões de euros vão permitir o fomento da prática desportiva náutica em Viana do Castelo.
Os protocolos definem as condições de utilização dos equipamentos nas vertentes competitiva, iniciação, escolar, recreativa, turística e adaptado a cidadãos com deficiência. Para tal, a Câmara Municipal vai construir equipamentos, ao abrigo do Centro de Mar, até Dezembro de 2012, que serão cedidos aos clubes por um período de vinte anos.
Em contrapartida, os clubes vão desenvolver actividades regulares de iniciação, formação e competição e participar nas provas de âmbito nacional e internacional; disponibilizar a instalação e material para o grupos do desporto escolar; desenvolver campos de férias escolares dirigidos a públicos do interior; cooperar com as Federações no acondicionamento e treino dos atletas; organizar, até 2020, um conjunto de provas náuticas de âmbito nacional e internacional; garantir o enquadramento técnico qualificado necessário ao desenvolvimento da actividade desportiva regular; e desenvolver actividades lazer/turismo.

Os equipamentos
Os projectos integram o projecto “Centro de Mar”, aprovado no âmbito do Programa Operacional dos Factores de Competitividade – COMPETE do QREN e que integra o Cluster do Mar da região norte com investimentos globais a rondar os 17 milhões de euros em Viana do Castelo, tendo como missão contribuir para o desenvolvimento económico e social da região.
O Centro de Mar vai, por isso, apostar na náutica de recreio e dos desportos náuticos através da articulação em rede de um conjunto de actividades que englobam a construção e reparação de embarcações de recreio, a expansão e qualificação de instalações náuticas, o turismo náutico e a valorização de elementos patrimoniais e ambientais e implica a construção de meios físicos como o Posto Náutico de Vela, Canoagem e Remo.
O equipamento dedicado à Vela, com um orçamento base de 1.9 milhões de euros, vai nascer na área do Campo d’Agonia e integrará um hangar e um equipamento social dedicado à vela para pessoas com mobilidade reduzida. Do projecto constam valências como ginásio, zona de apoio, salas de formação e ainda o arranjo de toda a envolvente.
No equipamento destinado à Canoagem, a situar na margem esquerda do rio Lima (Darque), estão previstos investimentos de 1.5 milhões de euros, com a construção de três pavilhões que proporcionarão melhores condições dos atletas e o alargamento da actividade para as escolas e turismo de lazer. Estas infra-estruturas ribeirinhas visam potenciar o uso desportivo do rio Lima, valorizando os clubes que vem, ao longo dos anos, divulgando as modalidades náuticas.

No Remo, onde serão investidos mais de 1.7 milhões de euros na requalificação e ampliação da antiga “Fábrica das Boinas” (Parque da Cidade), irá nascer o Posto Náutico de Remo para os clubes vianenses que irão poder ter outras condições, estando previstas instalações adequadas para os seus atletas. O projecto de execução integra pavilhões para o equipamento de remo, áreas administrativas e balneários e ainda uma sala de exposição dos troféus dos clubes, com larga história.
Viana do Castelo, 30 de Agosto de 2011
Gabinete de Imprensa
Câmara Municipal de Viana do Castelo
Loading...